Artigo

Dicionário do Universo Publicitário

Inspirado no dicionário feminino do Testosterona, criei uma pequena “desciclopédia” do verdadeiro dicionário publicitário que segue a mesma linha de humor e ironia desta definição do publicitário.

Se você gosta, estuda ou trabalha com publicidade e propaganda certamente vai se identificar.

Deixe seu recado

41 Comentários

  1. A verdade é a seguinte, publicidade é a profissão mais idiota, pelo menos no Brasil. Além de metidos, os publicitarios são uns merdas que não deram certo na vida e resolveram ficar sentados numa cadeira se chamando de criativos e o resto do mundo de burros, quando na verdade são uns pobres coitados que ganham uma miséria.

    Dignos de pena

    Abrazzz

    1. Digno de pena mesmo.
      Passar 4 anos em uma faculdade estudando para depois ficar até tarde da noite dentro de uma agência – fritando o cérebro e, realmente, muitas vezes ganhando uma miséria – planejando um comercial que agrade pessoas como você.

      Mas, pensando bem, digno de pena é saber que existem pessoas com a mente tão pequena quanto a sua.

    2. Aí fazemos um belo comercial e um jingle eficiente, você levanta a bunda da cadeira com a boca salivando (porque é influenciável ao extremo), come seu Cheddar McMelt e toma a sua Coca-Cola, se achando super-governador-da-própria-vida.

      Enriquece o nosso cliente, que nos paga fortunas para fazer você gastar o seu dinheiro e pronto: compramos nosso carro, você se endivida e vem aqui dizer que os fracassados somos nós…

      rs… Bobinho!

    3. Achamos um frustrado com a profissão =/
      Que pena que você não teve a capacidade de se manter na publicidade, sentá lá e espera a sua vez de fazer algo que valha a pena na sua existência.
      Quer uma dica, faz um curso de representante de vendas pelo correio e vai bater perna por aí enquanto sentamos no ar condicionado e rimos de seus comentários.

    4. Realmente ficamos sentados numa cadeira o dia todo, e babacas como vc vai lá e compra tudo que nós ditamos! Se somos criativos ou não foda-se…mas quero ver você se promover na sua profissão (se é que vc tem uma!) sem a nossa!
      São 4 anos para podermos ser atendimentos, criação, mídia o que for!
      Miséria …só se for seu salario!!! idiota!!!

    5. Sim, pena mesmo. Essa pessoa deve estar comentando do seu computador q comprou nas casas Bahia qndo viu a PROPAGANDA na tv. Assinou a internet Speed, porque passou na tv q tava barato. E fala mal de publicitários, porque não passou propaganda nenhuma do quanto a gente rala pra fazer esses produtos chegarem até vc.
      Digno de pena é pessoa q critica, sem base nenhuma.

  2. @Wagner …Lembrando, Se vc já comprou algo que viu em uma propaganda (certamente já), muito provavelmente vc foi impactado pela ação de um publicitário, logo, se vc acha que publicidade é uma profissão idiota… vc é pior que um idiota, porque foi manipulado por nós! #chupa!!

  3. Digno de pena é saber que você, consome a maioria das coisas que o mundo oferece, por causa da nossa criatividade. É coitado é aquele que acha, que por ganhar mais um pouco, pode falar da profissão do outro. Pelo menos somos felizes com o que fazemos, e não ficamos presos numa profissão miserável e sedentária.

  4. Engraçado você falar de idiotice…por que até onde sabemos idiotas são pessoas que pensam pequeno, que agem se nenhum tipo de incentivo moral, pessoas medíocres, com incapacidade mental e mais profissão idiota?? O que é isso? Nem imagino o que você faça da sua vida mais sei que hoje nem a minha nem a sua profissão é idiota. Afinal a roupa que você veste, o sapado que você calça, a comida o refrigerante que bebes é influencia e resultado do nosso trabalho. Somos bons, somos fods sim, pois pessoas como você compram o produto ou serviço que nos vendemos…e outra não menosprezamos ninguém como VOCÊ está fazendo.Ganhamos pouco, sim,mais miséria? miséria são essa suas palavras burras…portanto a única pena que vc deve sentir é de si mesmo, pq nos somos dignos de sucesso e gratificações pelos acreditamos e executamos em nossa profissão!

  5. Conceituar arte não é uma tarefa fácil uma vez que envolve aspectos individuais, culturais, econômicos de cada indivíduo. Agora se quiser comentar bobagem, só precisa ser um pouco alienado e prepotente.

  6. O pior não é nada, sr Wagner, é que “idiotas” como nos, influenciam as preferências de gente como vc! Simples assim! E antes ganhar pouco e ser feliz na profissão, do que acordar todo dia estressado, só d pensar em ir para o trabalho. O sr mesmo, parece estar estressado, vai fazer uma propaganda que melhora, desculpa, acho q vc não consegue. Tem q ter mente “grande”para isso.

  7. Prezado Wagner, boa tarde.

    É bem verdade que alguns Criativos, não recebam monetariamente o que merecem. Tá mas isso é assuntos para ser discutido nos dissídios coletivos da categoria em sua entidades de classe.
    Mas, “Pobres Coitados”, isso garanto que não somos. Fato é nosso trabalho, em tese é muito simples: “Criar e estabelecer meios de comunicação entre indústria e consumidores com o objetivo de vender produtos e serviços” Tenho certeza que foram “Pobres Coitados” como nós, que fizeram um dia, sua Mãe ou a senhora sua Avó ter a clareza do que é Bombril e e suas 1001 utilidades. Você bebe Coca Cola? Ops! Que chato, devo lhe informar, mais uma vez que foram “Pobres Coitados” como nós, que mantém essa marca tão viva na sua cabeça 24 horas por dia. Prezado Wagner, pude ver no seu comentário o quanto você é uma pessoas esclarecida e nós, “Pobres Coitados” temos muito que aprender com você e seu comportamento, afinal, antropologia também faz parte das disciplinas que um Publicitário estuda, pois é, pasme. Nós estudamos. É uma prática comum, entre nós, “Pobres Coitados”. É claro que em parte você tem razão, somos uma classe vaidosa com pequenas exceções. Mas quanto a dar certo, o que é dar certo na vida? Dar certo -Segundo minha Pobre Ignorância- É fazer o que você ama; É levantar todos os dias da cama, bem disposto sabendo que está indo fazer o que gosta (mesmo com os ossos desse ofício); Não importa, se vc é Pedreiro, Coveiro, Médico ou um “Pobre Coitado” como nós. O Importante é está feliz fazendo o que ama. Criatividade? Todo mundo tem. Até você tem. Use-a da melhor maneira possível. Construa mais seus comentários, embase-se em teorias,pesquisas e cases (depois te explico o que é isso), mas USE-A PELO AMOR DE DEUS, quem sabe assim, o nosso mundo e o seu se torne um pouquinho melhor, afinal de que serviria tanta criatividade, se nós “Pobres Coitados” não pudéssemos transformar o mundo de pessoas “Tão Geniais” quanto você, num mundo, um pouquinho mais bacana de se viver.

    PS.: Blogcitário, obrigado pelo convite.

    Sucesso Sempre!

  8. Raramente comento em fóruns, sites e afins, mas estou incrédula quanto ao que o Wagner disse anteriormente. Creio que todos que admiram a profissão têm argumentos suficientes para discordar e contra-argumentar.
    Pois bem, acredito que a marca de tênis que você usa, a roupa que você veste, sua preferência gastronômica, os trailers de cinema que lhe fazem querer assistir os filmes, são apenas alguns exemplos do quanto a Publicidade é importante em nosso cotidiano. Publicitários precisam ter o domínio da língua portuguesa AO MENOS, precisam ter a capacidade de persuadir seu interlocutor e usar da criatividade. Muitas pessoas julgam a profissão, mas não sabem nem ao menos escolher uma cor para pintar a parede de casa. Lamentável.

  9. O comentário do sr. Wagner trouxe a tona uma questão: o quanto nos, PUBLICITÁRIOS, somos orgulhosos a cerca da nossa profissão, apesar dos obstáculos que enfrentamos. Parabéns para todos q se mobilizaram a fim d combater ideias medíocres como a expressa por Wagner. Fica aí a dica de uma pauta para o blog: o orgulho d pensar grande (ser publicitário) num mundo rodeado d gente q pensa pequeno.

  10. Depois que li o comentário de Ana (“pede pra sua mãe fazer o layout do pacote de salgadinho que você come então.) não precisei ler mais nenhum outro! Muito bem Ana! E falando sobre o post, sensacional, mas e a profissão de Analista de mídias sociais?Tô no aguardo hahaha

  11. Profissão é escolha! Viver é dadiva! Criar é se imaginar fora da realidade! opinar? Opção sua, Respeitar? Também opinião sua! Ser um “pobre coitado” infelismente isso você não teve como optar, ja se tornou um sem saber ou querer.
    Grande abraço, querido wagner.
    E quem sabe um dia sucesso na vida meu caro.
    São meus sinceros votos de felicidade (irônico) rs… = DD

  12. Gostei muito das definiçoes, estou no 3º periodo de publicidade e propaganda. Isso é vida gente, o que faz de uma pessoa a sair criticando as profissoes assim? Cara cada um faz o que quer e o que gosta. Não estamos aqui para aceitar criticas idiotas como de pessoas com mente não evoluida. Por favor né, para que tá feio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *