O Aprendiz 6

O Aprendiz 6: um dos vencedores demitido

No episódio anterior, Rutênio foi demitido por Justus por causa do seu fraco desempenho em todas as provas que participou e também por escrever o antológico “escultar” em uma carta para a então líder, Rebeca.

Neste episódio, o desafio para as duas equipes era administrar integralmente uma das lojas da rede Select. Os aspectos para definir a vitória eram obter mais lucro para a loja em relação à semana passada mais a qualidade de atendimento ao consumidor. Quando foram definidos os líderes – Álvaro e Stephanie – eles foram trocados de equipe por Justus. Claro que todo mundo fez cara feia, como o chefe observou.

Na edição, não ficou claro quem iria ganhar. Na hora de definir a equipe vencedora, Roberto declarou que ninguém perdeu. A Maxxi ganhou pela qualidade de atendimento aos clientes da loja enquanto a Best ganhou por aumentar o faturamento da sua loja. Mas como nem tudo são flores, os participantes deveriam falar naquele momento quem eles indicariam para sobreviver à demissão. Depois, Roberto pediu aos líderes que indicassem os que menos contribuíram para a tarefa. A aprendiza de Deborah Secco indicou Rebeca e Lucas e Álvaro mandou Maitê e Rafael para a sala de reunião.

O prêmio para ambas as equipes foi embarcar no Cruzeiro Aprendiz (lembro que até venderam ingressos ao público. Algum leitor foi?) para se divertir em alto mar com muita mordomia, além de assistir a uma palestra do Walter Longo e assistir ao show de um cantor especialmente convidado.

Crédito da foto

Na sala de reunião inédita, onde dois representantes de ambas as equipes lutariam para não receber o bilhete azul de Justus, todos falaram sobre alguns pontos da liderança exercida por Álvaro e Stephanie. Um fato que chamou atenção foi Álvaro dizer que não limparia vidro e atenderia as pessoas por ser “humilhante”, já que ele tinha mestrado nas costas. O mesmo, quando entrou junto com a líder da Best, disse que era uma “brincadeira” e esse fato foi rapidamente esquecido. Justus, com a ajuda dos seus conselheiros, poupou Rafael da sala de reunião, ficando Rebeca, Maitê e Lucas.

Na hora de escolher qual dos três sairia, tanto Walter Longo quanto Claudio Forner indicaram o nome de Lucas Broch, devido a algumas falhas cometidas por ele nessa tarefa. Roberto também justificou a sua decisão de demiti-lo por causa do seu desempenho geral ser inferior ao da Maitê e Rebeca. Como você pode ver na foto, o ex-aprendiz chorou muito na hora de ver o dedo de Justus apontado para a sua direção.

Crédito da foto

PS1: Rebeca que se cuide. Ela está visitando muito a sala de reunião. Acredito que a próxima vez que ela ficar entre os piores, receberá o bilhete azul.

PS2: Se os líderes estivessem na berlinda, talvez o Álvaro fosse o demitido por causa da sua declaração polêmica e pela apatia mostrada na edição das tarefas.

PS3: Você acha que alguém seria maluco de dizer que não gostou de ouvir Roberto Justus cantando?

PS4: Se você é fã do Roberto cantando, pode comprar no Submarino o CD do empresário (na página, você pode ouvir um pouco as faixas do álbum).

Perdeu o episódio? Não se desespere. Clique aqui e assista aos vídeos postados no YouTube.

Deixe seu recado

1 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *