Listas

7 opiniões valiosas de Mad Men sobre publicidade

Mad Men é uma das séries favoritas, não só por abordar a publicidade dos anos 60 no roteiro, mas pela trama em si e por Don Draper, que já escrevi há muito tempo como ele e a série dão uma aula de publicidade e, seis anos depois, está prestes a concluir a saga.

ARS02898

Como forma de homenagear mais uma vez a série, comento algumas declarações dos publicitários loucos da Sterling Cooper sobre esta profissão responsável por conquistar a mente de milhões de pessoas ao redor do mundo.

Se você não está gostando do que está sendo dito, mude a conversa. (Don Draper)

Quantas vezes o cliente começa a falar sobre como conhece bem os produtos ou serviços da empresa e, por isso começa a dar “sugestões” do que gostaria de ver nos layouts da campanha como se fosse parte da equipe de criação? Esse é o momento de agradecer os comentários e discutir outros pontos do briefing.

A coisa mais importante numa entrevista é expressar entusiasmo de forma crível (Dica de Joan para o marido antes da entrevista de emprego).

Se você está querendo trabalhar em um lugar, nada mais natural que demonstre interesse pela vaga. Mas isso deve ser passado para o entrevistador na medida certa.

Você tem que escolher que tipo de empresa você quer ser -. Confortável e mortos ou arriscado e possivelmente ricos (Don Draper para o cliente)

Aqui, Don está fazendo o trabalho que todo Atendimento deveria fazer: incentivar o cliente a não aceitar mais um no intervalo comercial, criar identidade própria para ser reconhecido pelo público pela criatividade das campanhas.

Trata-se de ouvir as pessoas e nunca dizer realmente o que pensa. (Roger Sterling descrevendo sua fórmula de lidar com os clientes)

O trabalho do publicitário é filtrar as informações do briefing para dar forma à campanha. Esta técnica já é feita de forma intuitiva por muitos profissionais.

Meu pai costumava dizer que este é o melhor emprego do mundo, exceto por uma coisa: os clientes(Roger Sterling).

Claro que é uma piada, afinal, o cliente é a razão de viver de uma agência de publicidade. Além disso, acho que Roger traduziu o sentimento de muita gente que trabalha na área caso tivessem total liberdade para criar sem necessidade de aprovação.

Você é o produto. Você sente algo. Isso é o que vende. Eles não podem fazer o que fazemos e nos odeiam por isso. (Don Draper)
Opinião do personagem sobre como o sentimento é uma poderosa ferramenta para a publicidade.

Propaganda é baseado em uma coisa: felicidade. E você sabe o que é felicidade? Felicidade é cheiro de carro novo. É a liberdade pelo medo. É o outdoor na rua gritando ao reafirmar que o que você fizer estará ok. Você estará bem. (Don Draper)
Precisa dizer mais?

Deixe seu recado

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *